Git
Português (Brasil) ▾ Topics ▾ Latest version ▾ git-mailinfo last updated in 2.29.2

NOME

git-mailinfo - Extrai o patch e a autoria de uma única mensagem de e-mail

RESUMO

git mailinfo [-k|-b] [-u | --encoding=<codificação> | -n] [--[no-]scissors] <msg> <patch>

DESCRIÇÃO

Lê uma única mensagem de email da entrada padrão, registra a mensagem do commit no log em um arquivo <msg>, e os patches em um arquivo <patch>. O nome do autor, o assunto da mensagem e o endereço do e-mail são gravados na saída padrão para criar um commit que serão utilizados pelo comando git am. Na maioria das vezes, não é necessário usar este comando diretamente. Em vez disso, consulte git-am[1].

OPÇÕES

-k

Normalmente, o programa remove a sujeira do cabeçalho do Assunto: do e-mail extraindo o título da linha da mensagem do registro log do commit. Esta opção evita essa interrupção e tem mais utilidade quando utilizada para ler a saída do comando git format-patch -k.

Especificamente, o seguinte é removido até que nenhum deles permaneça:

  • Os espaços à esquerda e à direita.

  • Iniciando com Re:, re:, e :.

  • As sequências dos caracteres entre colchetes à esquerda (entre [ e ], geralmente [PATCH]).

Finalmente, as execuções do espaço são normalizadas para um único caractere de espaço ASCII.

-b

Quando -k não está em vigor, todas as cadeias iniciais entre parênteses com os pares [ e ] são removidos. Esta opção limita a remoção apenas aos pares cuja cadeia entre os colchetes contenha a palavra "PATCH".

-u

A mensagem do registro log do commit, o nome do autor e seu e-mail são obtidos a partir do e-mail e após a decodificação mínima da codificação de transferência MIME, recodificados no conjunto de caracteres definido pela opção de configuração i18n.commitencoding (predefinido para UTF-8), transliterando-os. Isto costumava ser opcional, agora é a predefinição.

Observe que o patch é sempre utilizado como está, sem conversão do charset (definição dos caracteres), mesmo com esta opção.

--encoding=<codificação>

Semelhante ao -u. Porém, ao re-codificar, o conjunto dos caracteres informados aqui é utilizado em vez do informado pelo i18n.commitencoding ou o UTF-8.

-n

Desative toda a re-codificação do "charset" dos metadados.

-m
--message-id

Copie o cabeçalho da ID da mensagem no final da mensagem do commit. É útil para associar os commits a discussões nas listas de discussão.

--scissors

Remova tudo no corpo antes das marcações. Uma linha que consiste principalmente das marcas (">8" ou "8<") e a perfuração (traço "-") é chamada de linha de grafo traçado, é utilizada para solicitar que o leitor corte a mensagem nesta linha. Caso esta linha apareça no corpo da mensagem antes do patch, tudo o que estiver à frente (incluindo a própria linha) será ignorado quando essa opção for utilizada.

É útil caso queira iniciar a sua mensagem em um tópico de discussão com comentários e sugestões sobre a mensagem que está respondendo e concluí-la com um envio do patch, separando a discussão e o início da mensagem do registro log do commit proposta com uma linha de grafo traçado.

É possível que seja predefinidamente ativada com a opção de configuração mailinfo.scissors.

--no-scissors

Ignore as linhas de grafo traçado. Útil para substituir as configurações de mailinfo.scissors.

<msg>

Geralmente a mensagem do registro log do commit extraída do e-mail, exceto quando a linha do título que vem do Assunto do email.

<patch>

O patch extraído do e-mail.

GIT

Parte do conjunto git[1]