Git
Português (Brasil) ▾ Topics ▾ Latest version ▾ git-imap-send last updated in 2.30.1

NOME

git-imap-send - Envia uma coleção de patches do stdin para um diretório IMAP

RESUMO

git imap-send [-v] [-q] [--[no-]curl]

DESCRIÇÃO

Este comando carrega uma caixa de correio gerada com git format-patch em um diretório de rascunhos IMAP. Permite que os patches sejam enviados como ocorre com os outros emails ao utilizar clientes de email que não podem ler diretamente os arquivos da caixa de correio. O comando também funciona com qualquer caixa de correio geral na qual os e-mails tenham os campos "De", "Data" e "Assunto" nesta ordem.

A típica utilização é algo como:

git format-patch --signoff --stdout --attach origin | git imap-send

OPÇÕES

-v
--verbose

Seja loquaz.

-q
--quiet

Fique em silêncio.

--curl

Utilize o libcurl para se comunicar com o servidor IMAP, a menos que faça um tunelamento para ele. É Ignorado caso o Git tenha sido compilado sem a opção USE_CURL_FOR_IMAP_SEND definida.

--no-curl

Converse com o servidor IMAP utilizando as próprias rotinas IMAP do git em vez de utilizar as da libcurl. É Ignorado caso o Git tenha sido compilado com a opção NO_OPENSSL definida.

CONFIGURAÇÃO

Para utilizar a ferramenta, o imap.folder e o imap.tunnel ou o imap.host devem ser configurados com os valores apropriados.

Variáveis

Warning

Missing pt_BR/config/imap.txt

See original version for this content.

Exemplos

Utilizando um modo de tunelamento:

[imap]
    folder = "INBOX.Drafts"
    tunnel = "ssh -q -C user@example.com /usr/bin/imapd ./Maildir 2> /dev/null"

Utilizando o modo direto:

[imap]
    folder = "INBOX.Drafts"
    host = imap://imap.example.com
    user = bob
    pass = p4ssw0rd

Usando o modo direto com SSL:

[imap]
    folder = "INBOX.Drafts"
    host = imaps://imap.example.com
    user = bob
    pass = p4ssw0rd
    port = 123
    sslverify = false

EXEMPLOS

Para enviar os patches utilizando a interface IMAP do GMail, primeiro edite o seu ~/.gitconfig para definir as configurações da sua conta:

[imap]
	folder = "[Gmail]/Drafts"
	host = imaps://imap.gmail.com
	user = user@gmail.com
	port = 993
	sslverify = false

Você pode precisar utilizar: folder = "[Google Mail]/Drafts" caso receba um erro indicando que a "O diretório não existe".

Quando os commits estiverem prontos para serem enviados, execute o seguinte comando:

$ git format-patch --cover-letter -M --stdout origin/master | git imap-send

Apenas certifique-se de desabilitar a quebra de linha no cliente de email (a interface da Web do GMail sempre irá quebrar as linhas independentemente de qualquer coisa, portanto, você precisará utilizar um cliente IMAP de verdade).

CUIDADO

Ainda é sua responsabilidade garantir que a mensagem de e-mail enviado pelo seu programa de e-mail atenda aos padrões do seu projeto. Muitos projetos não gostam que os patches sejam anexados em mensagens de e-mail. Alguns agentes de correio transformarão os patches (quebras de linhas automática, enviá-los como format=flowed por exemplo) de maneira que irão fazê-los falhar. Você receberá chamas raivosas que o ridicularizarão na frente de todo mundo se não prestar atenção.

O Thunderbird é um velho informado por ser problemático. Os usuários do Thunderbird podem querer visitar esta página da web para obter mais informações: http://kb.mozillazine.org/Plain_text_e-mail_-_Thunderbird#Completely_plain_email

VEJA TAMBÉM

GIT

Parte do conjunto git[1]